TALVEZ

TALVEZ

Por: Kardo Bestilo

As palavras podem ser muito intuitivas ou abrir as portas da imaginação de um escritor/poeta como uma escada para o palco da imaginação ou criação.

O Poeta vê as palavras como imagens no seu processo de criação, o que acaba por uma imagem chamar por outra e assim por diante, naturalmente que o processo não é necessariamente taxativo para cada criador.  

A palavra “TALVEZ” considero bastante inspiradora, o que podemos chamar de palavra de força, na minha escrita e forma de ver a vida. Naturalmente que há outras como “Oxalá” que gritam no meu interior em cada cruzamento.

Hoje estava a recordar, apesar de não saber nenhum de cor e salteado, alguns poemas que de alguma forma a imagem de “TALVEZ” aparece de formas diferentes, mas representando a maneira como vejo a mesma. Para mim, acaba por ser aquela palavra que representa a certeza na incerteza, a sensação de sabermos, mas ao mesmo tempo existir a grande possibilidade de tudo o que é não ser. Acaba também por ser a plataforma das dúvidas das coisas que ouvimos, vemos, vivemos e como seres pensantes e feitos de emoções acabamos por normalmente no nosso dia-a-dia elevar ao nosso palco das relações pessoais e profissionais.

Num dos poemas no livro “ControVerso” o “TALVEZ” aparece também na língua de Shakespeare e questiona a possibilidade de casar em Maio e, já no outro, a razão de ter um coração, se me faz sentir e sofrer. Ainda no mesmo livro consta o poema “Nada” que questiona o nada, mas sempre com a opção que a palavra “TALVEZ” acaba de oferecer a humanidade de poder ponderar e optar. 

Talvez!

Talvez no final, apenas seja uma probabilidade ou uma tendência que o, poeta vai apenas escrever quando tiver a viver um momento de emoção, quer positiva quer negativa. O grande desafio no final vai continuar a ser a necessidade de ter vezes suficientes a disciplina que é obrigatória num escritor ou pensador, escrever ou pensar constantemente, assim como é necessária nos atletas de alta competição se quiserem ir além de um “Talvez” e conseguirem um “Sim” de conquistas e medalhas de ouro.  

________

Leia Kardo Bestilo

Editora Acácias

 

 

 

 

 

 

Deixar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Eu aceito a Política de Privacidade * for Click to select the duration you give consent until.

Abrir o chat
Olá,
Como Podemos Ajuda-lo!